Destaques

Últimas Notícias

O QUE FAZER PARA EVITAR QUE O AMBIENTE DE TRABALHO LITERALMENTE NOS MATE

Sexta, 19 Outubro 2018

 

Nossa ‘segunda casa’ tornou-se um importante problema de saúde pública, mas o que empregados e empregadores precisam fazer para reverter essa situação?

GOLPE COM BOLETO BANCÁRIO: CONHEÇA TRÊS FRAUDES COMUNS NA INTERNET

Sexta, 19 Outubro 2018

Entenda como funcionam as fraudes e saiba como se prevenir (Por Tais Carvalho, para o TechTudo)

13º VAI INJETAR R$ 211,2 BILHÕES NA ECONOMIA, APONTA DIEESE

Sexta, 19 Outubro 2018

Cerca de 84,5 milhões de brasileiros vão receber o rendimento extra. Valor médio é estimado em R$ 2.320.

PERDA DOS APOSENTADOS DO INSS EM RELAÇÃO AO SALÁRIO MÍNIMO CHEGA A 86,38% DESDE PLANO REAL DE 1994 A 2019

Sexta, 19 Outubro 2018

Perda dos aposentados do INSS em relação ao salário mínimo chega a 86,38% desde Plano Real de 1994 a 2019.

Buscar Notícias

Newsletter

Receba notícias importantes em seu e-mail.

Temos 142 visitantes e Nenhum membro online

O Sindicato dos Bancários da Paraíba, através dos diretores Sivaldo Torres, Bertolúcia Mariz e Genário Moreira, acompanhou a reintegração da bancária Geisa Oliveira aos quadros do Banco Santander, na agência Guarabira, em cumprimento à sentença do Juiz do Trabalho José Guilherme Marques, da Vara do Trabalho de Guarabira, nesta segunda-feira (1°). 

O banco foi sentenciado a reintegrar a funcionária demitida em gozo de licença-saúde para tratamento de doença ocupacional, sob pena de multa diária no valor de R$ 500,00, em caso de descumprimento da medida judicial.

O diretor responsável pelo Jurídico do Sindicato, Jurandi Pereira, destacou mais esta vitória dos trabalhadores ante à prepotência dos banqueiros e a atuação tempestiva do escritório Marcelo Assunção e Advogados Associados na condução de mais uma ação que devolve o emprego e a dignidade a uma trabalhadora que adoeceu para aumentar os lucros de quem a demitiu injustamente.

“Ao tempo que lamentamos essa atitude mesquinha do banco espanhol, que quanto mais lucra mais demite, aplaudimos a Justiça do Trabalho que tem atuado com esmero na interpretação do direito e na análise dos fatos para devolver aos trabalhadores a dignidade, ao reparar as injustiças cometidas pelos bancos. 

E que essa vitória da classe trabalhadora sirva de exemplo para a categoria sobre a importância de se ter um Sindicato forte e atuante em defesa dos interesses dos seus associados”, concluiu Jurandi Pereira. (Fonte: Seeb PB)