Destaques

Últimas Notícias

GOVERNO NÃO ATUALIZA TABELA DO IR, E VOCÊ VAI PAGAR MAIS IMPOSTO EM 2020

Quinta, 20 Fevereiro 2020

As regras do Imposto de Renda 2020, divulgadas hoje pela Receita Federal, confirmam que a tabela não sofreu correção pelo índice de inflação em 2019. Na prática, ao não corrigir a tabela, o governo realiza um aumento de impostos. A tabela do IR não sofre correção desde 2015.

AGÊNCIAS BANCÁRIAS FECHAM DURANTE O CARNAVAL 2020

Quinta, 20 Fevereiro 2020

Federação Brasileira de Bancos informa que na segunda e terça-feira de carnaval (24 e 25/02) não haverá atendimento ao público nas agências. Na quarta-feira de cinzas (26/02) o início do expediente será às 12h, no horário local, com encerramento em horário normal de fechamento das agências.

PARCERIA DA UGT-PARANÁ E INSTITUTO MM É TEMA DE ENCONTRO DE ORGANIZAÇÃO SINDICAL EM CURITIBA

Quinta, 20 Fevereiro 2020

Dirigentes sindicais de mais de 70 entidades filiadas à UGT participaram da reunião extraordinária da UGT-PARANÁ, na tarde de quarta-feira, 12/2, na sede da Fesmepar

BANCOS COM MAIS DE 500 MIL CONTAS TÊM DE ADOTAR PAGAMENTO INSTANTÂNEO

Quinta, 20 Fevereiro 2020

Novo sistema de transferência será lançado em novembro

Buscar Notícias

Newsletter

Receba notícias importantes em seu e-mail.

Temos 190 visitantes e Nenhum membro online

O relator da Reforma Sindical (PEC 196/19), deputado Fábio Trad (PSD-MS) já apresentou seu parecer pela admissibilidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça.

Isto quer dizer que a proposta já pode ser votada no colegiado.


A CCJ vai examinar, debater e votar apenas a constitucionalidade do texto apresentado pelo deputado Marcelo Ramos (PL-AM). Caso a matéria seja aprovada na CCJ, em seguida vai ser constituída e instalada comissão especial para analisar o mérito da proposta. Mas isto só deverá acontecer em 2020, em fevereiro, quando serão retomados os trabalhos legislativos, após o recesso, que começa no dia 23 de dezembro.

A PEC 196 versa sobre a alteração do artigo 8º da Constituição Federal, que trata da organização sindical.

No ‘voto do relator’, o proponente, deputado Marcelo Ramos diz que: ‘A Proposta de Emenda à Constituição nº 196, de 2019, atende aos requisitos formais de apresentação. A exigência de subscrição por, no mínimo, um terço do total de membros da Casa foi observada, contando a Proposta com 241 (duzentos e quarenta e uma) assinaturas confirmadas, restando obedecido o art. 60, I, da Constituição.’ (Fonte: FEEB Paraná)